2 de outubro de 2010

Yes, we can

A diretora da sucursal da Revista ÉPOCA no Rio de Janeiro escreveu em sua última coluna na edição nº 645 do dia 27 de setembro de 2010, um artigo com o seguinte título: A Marina do dedo verde. Reproduzo um trecho do texto:

"Dilma perdeu a fachada de paz e amor e reagiu com fúria às denúncias na imprensa. "Ela teve uma recaída. Parecia até ela mesma", teria dito um aliado da petista, segundo a Folha de São Paulo. A outra má impressão da semana foi a entrevista de José Serra ao Bom Dia Brasil, na TV Globo. Não deixou que os jornalistas perguntassem quase nada. Impedia apartes, num tom professoral e prepotente que afasta até seus eleitores. A uma repórter do humorístico CQC, da Bandeirantes, Serra perguntou se ela tinha namorado. Não é a primeira vez que perde a noção. Sem plásticas ou cabeleireiros, Marina cresceu de estatura ao longo da campanha. Seu discurso a princípio ambientalista ampliou-se e ganhou consistência no campo dos valores e da ética. Mesmo que a enorme maioria dos brasileiros não vote nela, sabe-se o que a sua candidatura representa: uma terceira via, de olho no desenvolvimento sustentável do século XXI, que não comporta esmolas para uma massa tutelada e semianalfabeta. Quando deixou o governo Lula, após a queda de braço com Dilma, Marina afirmou: "Perco o pescoço, mas não perco o juízo". E não perdeu mesmo"

Em menos de 24 horas o eleitor brasileiro vai as urnas escolher os seus governantes. Os discursos foram feitos, as propostas apresentadas e agora cabe a nós decidir o caminho a ser tomado. Dizem que o voto é a nossa maior arma, pois então vamos nos armar. Entre a polarização do vermelho e o azul, parece que o verde de Marina Silva oferece-nos ações diferentes. Vamos com ela para o 2º turno!

2 comentários:

  1. Ao contrário do que muitos brasileiros pensam, ao votar exercemos nosso direito de cidadão, onde escolhemos o que achamos ser melhor para o presente e o futuro do nosso país!!!
    Bastam alguns segundos..para depositarmos nossas esperanças... nas mãos de um desconhecido semeador e esperarmos boas colheitas...
    A sorte está lançada!!!

    ResponderExcluir